Táxis: Luanda a Saurímo está a custar 50 mil Kwanzas

A deslocação de Luanda para Saurímo na província angolana da Lunda Sul, está a custar 50 mil Kwanzas via terrestre e mais de 83 mil Kz via aéria , soube hoje o Repórter Angola.

Jonas Pensador

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

“paguei 7 mil kz no Hospital Americo Boa Vida para conseguir o comprovativo de teste sobre a Covid-19, aqui tudo é de bisness” conta ao Repórter Angola, Marcelina da Silva, uma das viajante para o Dundo, Marcelina adianta ainda ter pago 50 mil Kz ao taxi que a transporta até ao Saurímo.

” não há taxi directo para a Lunda Norte, onde Eu trabalho, então apareceu um mini-autocarro até Saurímo e estão a cobrar 50 mil kz, preferi não perder mais esta oportunidade de ir até a Lunda Sul e depois lá vou gastar mais outro dinheiro para chegar ao Dundo, porque via aéria estão a cobrar 59 mil kz com bagagem de 5 kilos e com bagagens chega a custar 83 mil kz, logo, mais vale ir de carro a 50 mil kz” explica Marcelina.

Manuel da Costa é funcionario publico na provincia angolana da Lunda Norte e ficou confinado em Lua da desde março ultimo, em declarações ao Reporter Angola, disse que decidiu sacrificar a mesada dos filhos rumo ao seu posto de trabalho.

” Eu já fiquei muito tempo aqui em Luanda, decidi voltar apesar de ser muito caro e especulativo, vou sacrificar s familia e voltar ao local de serviço” frisou, Da Costa disse que “perdi muita coisa com este confinamento em Luanda, agora prefiro voltar a Lucapa e não tendo um táxi directo, vou mesmo se aguentar ” conta.

O Repórter Angola saiu as oaragens de Viana Park para analisar a situação de descolação inter provincial dos cidadãos, e deparou-se com um enchente e aglomeração de passageiros a procura pelos serviços de transportes e sabe que de Luanda a Benguela o preço cobrado robds nos 25 mil Kz e de Luanda ao Huambo 35 mil Kz, de Luanda Malanje 32 mil kz e de Luanda a Saurimo 50 mil kz, especulações de preços efectuados sob olhar silencioso das autoridades policiais .

Marcelina confidencia-nos que ” o mini auto carro está a levar 10 pessoas, e por isso estão a cobrar o preço alto” narra.

PUB