Sonangol diz não há escassez de Combustíveis em Angola

A petrolífera estatal angolana Sonangol garantiu esta quarta-feira 04, em comunicado a disponibilidade de combustíveis no país e acrescentou que a grande afluência aos postos de abastecimento se deveu a informações falsas sobre uma subida dos preços.

Daniel Frederico

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A empresa diz que as informações foram divulgadas com o “propósito de gerar distúrbios ao normal funcionamento da distribuição” e especulação de preços, apelando à calma e bom senso e à denúncia dos autores das mesmas “que apenas visam desestabilizar a calma reinante no mercado, com fins inconfessos”.

A Sociedade Nacional de Combustí veis de Angola – Sonangol E.P. leva ao conhecimento do público que não há falta de combustível no paí s. A grande afluência aos postos de abastecimento, registada nos últimos dias, foi desencadeada por uma informação falsa posta a circular em diferentes meios, insinuando uma suposta subida dos preços dos combustíveis, nos próximos dias, com o claro propósito de gerar distúrbios ao normal funcionamento da distribuição e a especulação dos seus preços.

Por outro lado, algumas regiões do país, como as proví ncias da Lunda Norte, Lunda Sul e Moxico, em que, nesta altura do ano, as quedas pluviométricas são mais intensas, apresentam alguns desafios para o abastecimento normal.

A Sonangol assegura o seu máximo empenho para garantir a disponibilidade de combustível, por todo país, com o aumento da sua capacidade de transportação rodoviária e a exploração dos meios ferroviários, em alinhamento com os Caminhos de Ferro. Igualmente tem em curso a construção, em fase avançada, da instalação de armazenagem de combustível em Saurimo, assim como tem estado em estreito
alinhamento com os órgãos de defesa e segurança, no sentido de se eliminar os focos de contrabando ainda existentes, que afectam, substancialmente, a disponibilidade de combustí veis, sobretudo nas zonas fronteiriças do norte e leste do país.

A Sonangol apela à calma e ao bom senso da população no sentido de denunciar, sempre que identificados, os indivíduos por trás de informações que apenas visam desestabilizar a calma reinante no mercado, com fins inconfessos.

PUB