Ponte de madeira custou quase 5 milhões de Kwanzas no Huambo

Na província do Huambo, PRS denúncia gasto desnecessários de dinheiro destinado para o PIIM, com orçamento de quase 5 milhões de Kwanzas para uma ponte de 19 tábuas de madeiras.

GD

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Secretário Provincial do PRS no Huambo Soliya Selende Lumumba, delegou a caravana que rumou para o Município da Caála na Ponte sobre o rio Katchicole no bairro de Kassoko a fim de fazer uma visita de constatação.

 

A ponte em causa foi reconstruída com 19 tábuas de madeira e está avaliada no valor de 4.495.320,00 kwanzas.

 

Pela constatação feita, não há sombras de dúvidas que estamos diante de um orçamento fraudulento. Não é possível uma ponte de madeira engolir mais de quatro milhões de kwanzas e o caricato a mesma foi abrangida no âmbito do combate a pobreza!

 

Mais uma vez esta empreitada envergonha a governação e a população do Huambo, daí que a mudança e a alternância sejam urgentes e necessárias.

 

Deste valor investido, não seria possível a construção de uma ponte metálica? Quanto tempo vai durar uma ponte de madeira?

 

Os nossos governantes infelizmente continuam a pensar no hoje e no agora. A perspectiva futurística desvaneceu e desta forma é impossível qualquer forma de desenvolvimento.