MANIFESTAÇÃO DO DIA 26: Porta-voz da Polícia manda um recado aos “arruaceiros” de que não vai tolerar

Em resposta ao vídeo que circula nas redes sociais, sobre a convocação de uma suposta manifestação, para o dia 26, sábado, o porta-voz da Polícia Nacional disse hoje, 24, numa conferência de imprensa, que os Órgãos de Defesa e Segurança estão preparados para impedir que uma “meia dúzia de arruaceiros” saiam às ruas para intraquilizar a ordem pública.

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O porta-voz da Polícia Nacional, Comissário Orlando Bernardo, que também ocupado o cargo de Director de Operações e Segurança  Pública, garantiu hoje,  que a situação da segurança pública do país é estável e que a polícia vai continuar a fazer o seu trabalho para manter a ordem.

Sobre a convocação de uma suposta manifestação, prevista para o dia 26, sábado, o porta-voz disse que o que se verifica no vídeo não é um incentivo à manifestação, mas uma tentativa de mobilizar os cidadãos para a prática de actos violentos.

“A Polícia está preparada e tem condições suficientes para impedir que meia dúzia de arruaceiros saiam às ruas para intraquilizar e criar situações que podem alterar a ordem e a tranquilidade pública”, adiantou o porta-voz, para mais a diante dizer que a resposta para esses tipos de acções será bastante rigorosa por parte da Polícia Nacional. Uma vez que o vídeo incita os cidadãos optarem por uma actitude violenta.

“Num país democrático e de Direito, tal como o nosso, a única via legítima para se chegar ao poder é por intermédio das eleições. Toda actitude que visa tomar o poder e que não passa pelo voto, naturalmente, terá uma resposta rigorosa por parte dos Órgãos de Defesa e Segurança e, da Polícia, fundamental.”, Palavras do porta-voz.

Para terminar, o Comissário reteirou que a polícia não permitirá que cidadãos “incultos” e poucos visados incomodem  e importunem outros cidadãos.

PUB