Laborinho e Paulo de Almeida representam Polícia angolana em Assembleia geral da INTERPOL na Turquia

Uma delegação chefiada pelo Ministro do Interior angolano, Eugénio Laborinho e do Comandante Geral da Polícia Nacional Paulo Gaspar de Almeida, participam de  23 a 25 de Novembro de 2021, na 89ª Sessão da Assembeia-Geral da INTERPOL, a ter lugar na Cidade de Istambul, República da Turquia, fez saber ao Repórter Angola uma fonte da MININT

Frederico

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Uma delegação chefiada pelo Ministro do Interior angolano, Eugénio Laborinho e do Comandante Geral da Polícia Nacional Paulo Gaspar de Almeida, chegaram esta segunda-feira 22 em Istambul, capital da Turquia, onde irão participar de  23 a 25 de Novembro de 2021, na 89ª Sessão da Assembleia-Geral da INTERPOL, soube o Repórter Angola de fontes seguras.

A 89ª reunião da assembleia geral da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), que vai eleger o novo presidente da organização.

Integram a delegação angolana altos funcionários do Ministério do Interior, entre os quais o comandante-geral da Polícia Nacional, comissário chefe Paulo Gaspar de Almeida e o Director Geral do SIC, Comissário-chefe Arnaldo Carlos.

“À margem da reunião, Sua Excelência Ministro do Interior irá manter encontros de trabalho com determinados chefes de Delegações que participarão daquela magna reunião, a fim de abordar assuntos de interesse comum, inerentes ao reforço da cooperação, em matéria de Segurança e Ordem Pública”, fez saber em nota o porta-voz do Ministério do Interior Waldemar José.

Segundo o porta-voz, “tão logo chegou ao hotel (Swissotel) que está a albergar a Delegação angolana em Istambul, Turquia, o Ministro do Interior, Eugénio Laborinho, manteve encontro,  com entidades de outras Delegações, com destaque para o Presidente da Comissão de Controlo de Ficheiros da Interpol, Dr Pirlog Vitalie, assim como, com o Ministro do Interior da Sérvia, Dr. Aleksander Vulin, para abordarem questões inerentes à cooperação internacional” frisou.

Segundo fontes, o Ministro do Interior fez-se acompanhar do Embaixador de Angola na Turquia, Sr. José Patrício, que convidou a Delegação angolana para um jantar de confraternização.

A Interpol é uma das maiores instituições internacionais voltada para a assistência recíproca na prevenção e combate ao crime, através da troca de informações, recursos técnicos e promoção de operações policiais. Angola é membro da Interpol desde 1982.

Com a sede da Interpol em Lyon, França, a organização luta pelo controlo internacional dos crimes.

PUB