Joana Lina suspende atividades do Dia de Finados e idas aos cemitérios

Depois de impedir a realização das manifestações do ultimo fim de semana e inicio desta, a Governadora de Luanda, Joana Lina anulou esta quinta feira, o ajuntamento de pessoas a caminho das campas no dia dos Finados que se avizinha a 02 de Novembro, de cada ano, Governante justiça a Covid-19.

Jonas Pensador

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Governo Provincial de Luanda (GPL) ordenou a suspensão de atividades relacionadas com o Dia de Finados, a 2 de novembro, incluindo romarias a cemitérios e atividades religiosas de massas para controlar a transmissão de covid-19.

O GPL refere, num comunicado, a “enorme preocupação sobre a necessidade de reter e controlar a transmissão de covid-19” e preservar a vida das pessoas que habitualmente se deslocam aos cemitérios para homenagear os seus entes queridos já falecidos.

A suspensão das atividades neste dia deve-se ao facto de a cidade de Luanda, epicentro da covid-19 em Angola, registar grande movimento e afluência de pessoas nestes locais no dia 02 de novembro.

“Deste modo, estaremos a evitar o risco de propagação e a contribuir para uma redução do número de infetados por covid-19”, sublinha o GPL, aconselhando as famílias a permanecerem em casa e cumprir as normas de biossegurança e as orientações das autoridades sanitárias.

Angola contabiliza um total de 9.871 infetados, com 3.647 recuperados, 271 óbitos e 5.356 doentes ativos, incluindo 14 em estado crítico, 31 graves, 135 moderados e 417 leves.

PUB