Invasão da igreja: Padre católico crítico ao MPLA assassinado com tiros na cabeça

Padre católico foi baleado com tiro de Kalashnikov no Cazenga no meio da semana, serviços de investigação Criminal dizem ter lançado caça aos dez homens armados que invadiram igreja 

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Assassinado com tiro na cabeça padre crítico ao MPLA.

Padre católico foi baleado com tiro de Kalashnikov no Cazenga no meio da semana, serviços de investigação Criminal dizem ter lançado caça aos dez homens armados que invadiram igreja

 

Os efectivos da Direcção de Investigação de Ilícitos Penais (DIIP) e o Serviço de Investigação Criminal (SIC) estão no encalce de 10 hommens acusados de invadirem a paróquia de Santa Madalena e balearem um padre no bairro Calawenda, município do Cazenga em Luanda.

 

Segundo o porta voz do SIC, em declarações a imprensa Os criminosos roubaram uma viatura usada para o serviço paroquial, telemóveis de vários sacerdotes, computadores e outros meios pessoais e da congregação católica.

Entretanto, manifestações de indignação não deixaram de circular nas redes sociais em Luanda, com a publicação de áudios e vídeos de cultos onde o pároco criticava as actuais condições de vida dos angolanos .

Os internautas atribuem ainda a morte aos operativos dos serviços secretos .