Inspector Chefe do SIC agrededio em Viana, por fiscais que vão hoje ao Julgamento

O Tribunal de Viana julga sumariamente hoje, 6 elementos da fiscalização detidos, por terem agredido um Inspector Chefe do SIC- Bengo, acusado supostamente de ser burlador de terrenos no Zango 3.

Daniel Frederico

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Num comunicado de imprensa enviado ao Reporter Angola, O Serviço de Investigação Criminal SIC, disse que “tomou conhecimento com preocupação,  02 de Setembro de 2020, da existência de um vídeo posto a circular nas redes sociais, onde se pode ver o Inspector-Chefe de Investigação Criminal, Rodrigues Filipe dos Santos, afecto ao Departamento de Investigação Criminal de Icolo-Bengo, algemado e rotulado como “oficial do SIC burlador de terrenos” descreve a nota assinada pelo Superintendente Manuel Halaiwa

Perante este facto, adianta o documento, que, a Direcção Central de Operações e o SIC/LUANDA fizeram deslocar equipas às instalações da fiscalização da Administração Municipal de Viana, onde determinaram que contrariamente ao que se procurava propalar no vídeo, o Oficial Rodrigues é possuidor de uma parcela de terra de (15/15=225 m2), na localidade do Zango 3, município de Viana há mais de 6 anos, tendo neste dia, sido notificado pela Fiscalização o que o levou a comparecer aquelas instalações.

Na circunstância “o oficial foi recebido de forma hostil e forçado por empurrões a abandonar o recinto. Durante esta contenda os fiscais ao aperceberem que o mesmo portava uma pistola na cintura, mesmo não tendo empunhado ou feito uso da pistola, até porque o carregador estava fora da arma por questões de segurança, cerca de 30 elementos da fiscalização envolveram-no e tomaram a arma de forma violenta, fizeram propositadamente vídeos para exposição da sua imagem e levaram-no para um compartimento onde foi agredido e humilhado” esclarece a nota.

Para o efeito foi instaurado um processo-crime, determinados e detidos 6 elementos da fiscalização, principais envolvidos na prática desses crimes, igualmente foram arroladas as testemunhas que prestaram as suas declarações e esta Quinta Feira,  o processo foi remetido à Tribunal para julgamento Sumário.

O Reporter Angola, sabe que Viana tem sido um dos municipios que a pratica de burlas e venda ilegal de terrenos, tem envolvidos altas patentes da Policia Nacional e dos Fiscais afectos a essa Administração

PUB