Escassez de combustível assola Zaire, Cabinda , Lundas Norte e Sul

Longas filas com mais de 500 metros nos postos de abastecimentos tem assolado as províncias de Cabinda e Zaire enclaves ricos em petróleo, Lunda Norte e Sul, nos últimos meses, o preço de 1 litro chega a custar 1800 KZ no Saurimo.

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Na capital da província do Zaire, Mbanza Kongo por exemplo assiste-se longas filas de motorizadas a espera de abastecimentos, num vídeo divulgado nas redes sociais onde mais de 1500 motos aguardam  em longas filas.

” Cabinda enfrenta longas filas e escassez de combustível há cerca de 4 meses” a confirmação é do jornalista Simão Lelo no enclave rico em petróleo.

O activista de direitos humanos, Alexandre Kwanga, também confirmou ao Repórter Angola.

” Há longas filas, um litro na rua está a custar 500 a 700 KZ em Cabinda, terra que produz petróleo que alimenta Luanda e o país completo” lamentou.

Já na província angolana da Lunda Norte, automobilistas dizem estar a enfrentar momentos dificeis com mau estado das vias .

” Um litro de combustível no Saurimo custa entre 1400kz a 1800kz, a via está mal desde Xamuteba até ao Saurimo, estamos a passar mal” denúncia Correia Tomas um camionista que preferiu denunciar ao Repórter Angola.

“O bidon de 20 litro é vendido a 4 mil KZ na rua, os vendedores pagam 500kz a cada bidon de 20 litros aos camionistas até ao local da venda, por isto vendemos a este preço” confirmou Muata  Joaquim a nossa equipa de Reportagem no município de Saurimo .

Na dundo, capital da província da Lunda Norte a escassez não é tanta, mas populares denúnciam que o litro de gasolina nas ruas chega a custar entre os 700 a 1000 KZ.

PUB