Dívida reclamada por Riquinho Miguel é falsa afirma Ministério das Finanças

Uma fonte do Ministério das Finanças confidenciou ao Repórter Angola está terça-feira 14, que a " dívida reclamada pelo empresário Henrique Miguel Riquinho é falsa". "Ele tem mais dívida no BPC do que outra coisa" diz o alto funcionário do MINF.

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O empresário angolano Henrique Miguel Riquinho, da empresa que ajudou na organização do Afrobasket 2007, disse recentemente que a sua dívida avaliada em 30 milhões, foi reconhecida pelo Governo, passado 14 anos, não foi paga

Entretanto, uma fonte do Ministério das Finanças contactado pelo Repórter Angola, diz nunca mais ter visto o empresário Riquinho, há mais de dois anos.

” Quem vai lhe pagar uma dívida de 30 milhões de dólares sem os contractos e sem factura ou protocolos assinados com o estado” adiantou.

A mesma fonte considera ” falsa” a dívida do empresário.

” Ele é que traga as provas, se não tem nenhum documento é porque não tem como cobrar ou a dívida é falsa, porque os tempos mudaram, o amiguismo acabou, agora quem vai pagar um dinheiro sem as facturas?” declarou o porta voz do Ministério das Finanças.

” Riquinho tem mais dívida do BPC que nunca conseguiu pagar, anda por aí a fazer barrulho, cobrando algo que sabe que não lhe será pago” avançou a mesma fonte.

Riquinho diz que ” ninguém está preocupado em resolver o nosso caso, por retalhação e não porque não tem dividendos, pós sabem que a nossa dívida é verdadeira e não falsa para negociarem, os famosos 30%” descreveu.

PUB