Director da Sonair suicida-se

O diretor da SonAir Serviço Aéreo, José Salvador Dias dos Santos, pôs termo a sua vida, nesta quarta-feira, 24, atirando-se de um prédio, em Luanda. este cometimento de suicídio é associado a problemas de depressão.

DR

Repórter Angola & CK

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Piloto de profissão, José Salvador Dias dos Santos, de 55 anos de idade, foi nomeado para dirigir a empresa de aviação pertence a Sonangol, há menos de dois meses. Antes exerceu funções de diretor de coordenação de voos.

 

As autoridades angolanas avançaram para uma investigação para esclarecimento do assunto tendo em conta que membros da família levantam duvidas por as informações apontarem que o mesmo atirou-se no primeiro andar de um prédio.

 

É familiar da primeira dama, Ana Afonso Dias Lourenço e do Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos “Nandó”.

A Sonangol, em nota enviada à instantes a este jornal, confirma apenas o passamento físico de José Salvador, sem no entanto especificar as causas e as circunstâncias da morte.

“As circunstâncias que conduziram ao triste acontecimento estão a ser averiguadas pelas autoridades competentes para o efeito”, lê-se no documento.

A Sonangol apela, por outro lado, “por respeito pela memória do malogrado e pelo momento particular que envolve a família, amigos e colegas”, que se aguarda pelas informações oficiais, das autoridades.

José dos Santos Salvador é descrito na referida nota como um quadro de espírito de missão e de forte compromisso profissional, demonstrado nas várias funções que desempenhou no grupo Sonangol.

PUB