Detido jovem de 21 anos que matou a grávida e enteada com 15 golpes de faca

O serviço de investigação Criminal deteve na província do Uige, um cidadão acusado de ter morto a facada a sua amante grávida de sete meses com uma enteada de dois anos. O acusado terá praticado o crime e procurou outros caminhos para fugir até a República Democrática do Congo.

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Uíge: O Serviço de Investigação Criminal no Uíge, deteve recentemente um cidadão de 21 anos, que matou sua mulher que se encontrava gestada de gêmeos de 7 meses e sua enteada de dois anos.

O homicídio, ocorreu no passado dia 4 do corrente mês, na aldeia Kintino no município de Maquela do Zombo, pelo facto do criminoso acreditar que sua parceira de 20 anos, tivesse um namorado, tendo espancado-a brutalmente, que antes de sucumbir abortou os gêmeos e seguidamente o agressor estrangulou o pescoço da sua enteada de dois anos que provocou a morte imediata da menor.

Referir que depois da acção, o infractor colou-se em fuga para a República Democrática do Congo (RDC), usando caminhos fiotes, sendo que na sequência de um trabalho investigativo e de inteligência Criminal em coordenação com as autoridades congolesas, foi possível a detenção do acusado.

Salientar ainda que, o suposto criminoso já foi presente ao Magistrado do Ministério Público que aplicou a medida de coacção pessoal mais gravosa a prisão preventiva.

PUB