Detido em Luanda cidadão com três barras de ouro que pretendia comercializar no Dubai

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) angolano deteve um cidadão, em Luanda, por posse ilegal de três lingotes de ouro, avaliados em mais de 150 mil dólares (129 mil euros), que pretendia comercializar no Dubai, segundo uma nota de imprensa enviada ao Repórter Angola

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Segundo uma nota de imprensa do SIC, o cidadão, cujo nome e nacionalidade não são mencionados, foi detido, na passada sexta-feira, no aeroporto internacional 4 de Fevereiro, no momento do embarque de passageiros do voo EK-794 da companhia Emirates que seguiu para o Dubai.

Uma balança específica do SIC avaliou a quantidade de ouro apreendida e atribuiu o peso bruto de 3,800 quilogramas, sendo que na base deste processo, refere o SIC, o indivíduo manufaturou os três lingotes com o peso referenciado avaliado em 150.118 dólares.

As barras de ouro seriam comercializadas no Dubai numa ourivesaria naquele país.

O cidadão detido, que incorre nos crimes de “posse e tráfico ilícito de minerais estratégicos”, é comerciante de ouro, já há algum tempo, e “detém revendedores em Luanda, que adquirem anéis e outros utensílios em ouro para fundir e daí venda o material no país e no exterior”.

PUB