Criança de 4 anos morta com tiro na cabeça, SIC já deteve os marginais

SIC-Uíge captura marginais que mataram com tiro na cabeça criança de 4 anos de idade, o crime de homicídio qualificado, em que foi vítima uma menor de nome Mariclenia dos Anjos Miguel, teve lugar na madrugada de segunda-feira, 2, no bairro Sonangol, cidade do Uíge.

SIC

Na Mira do Crime

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

De acordo com testemunhas, tudo aconteceu por volta das 2horas da madrugada, quando três bandidos, munidos com uma arma de fogo do tipo AKM, com uma pedra, arrombaram a residência do cidadão Miguel Manuel, motorista, de 43 anos de idade, e sem mais nem menos começaram a disparar no interior de casa.

Dos disparos efectuados, um atingiu a cabeça da criança que se encontrava no quarto dos pais, e um outro atingiu a perna esquerda do proprietário de casa.

Desprovidos de qualquer remorso, com o corpo da criança sem vida, os marginais levaram 133 mil kwanzas que estavam em posse da família, e colocaram-se ao fresco.

 

SIC captura bandidos

Depois de um trabalho aturado de investigação, efectivos da investigação local, localizaram e colocaram numa cela os três assassinos da menina, estando estes envolvidos em mais um outro caso de homicídio.

De acordo com o Subinspector Zacarias Fernando, Director Interino do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa da Delegação Provincial do Ministério do Interior no Uíge e Porta-Voz do SIC local, os bandidos estão envolvidos em um caso de homicídio com recurso a armas de fogo, ocorrido no dia 24 de Março do ano em curso, bairro Dunga, em que foi vítima o cidadão Alexandre Caníca, professor, de 44 anos de idade.

 

Pente fino no Uíge

 

De acordo com o responsável pela comunicação do SIC no Uíge, no último final de semana, foram detidos 30 cidadãos implicados em vários crimes.

 

Foram ainda apreendidas três armas de fogo do tipo AKM, 34 munições, um carregador, três televisores plasma, uma garrafa de gás butano, oito telemóveis de diversas marcas, duas motorizadas, uma catana, um picarete, um computador portátil, 20 folhas de chapas de zinco, 6 cadeiras plásticas e 2 Caxias de sabão em barra que se encontravam em posse dos marginais.