Concurso de faixada: Grupo Omatapalo vai ficar com a gestão do Hotel Infortur de Benguela

Empresa do governador Luís Nunes, "Omatapalo S.A " venceu o concurso público para a concessão do direito de exploração e gestão do Hotel Infortur Benguela e um privado venceu o concurso para a gestão dos hotéis Infortur Huíla e Namibe.

DR

Agência Lusa

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Instituto de Gestão de Ativos e Participações do Estado (IGAPE) angolano, em comunicado enviado hoje à Lusa, refere que está já concluído o processo de cessão e de exploração da rede dos hotéis Infortur Benguela, Namibe e Huíla.

 

Segundo o IGAPE, após terem sido concluídas todas as fases previstas nas peças do procedimento, e com base no critério de adjudicação nelas previsto, o Hotel Infortur Benguela foi adjudicado ao Grupo Omatapalo S.A e os hotéis Infortur Huíla e Namibe ao senhor José Jaime Agostinho Freitas.

 

O concurso público para a concessão do direito de exploração e gestão das referidas unidades hoteleiras da rede Infortur, com opção de compra, diz o IGAPE, “cumpriu com toda a tramitação administrativa necessária e em conformidade com o programa e a Lei de Bases das Privatizações”.

 

Pelo menos 11 concorrentes participaram deste concurso concluído em 13 de dezembro de 2021.

 

Este concurso enquadra-se no Programa de Privatizações (ProPriv) do Governo angolano, gerido pelo IGAPE, que prevê a privatização de vários ativos e/ou empresas do Estado dos setores da banca, telecomunicações, hoteleiro, indústria e agropecuária, seguros e outros.