chefe do departamento de saúde pública na Huíla vendia de testes de Covid-19 por 10 mil ks no aeroporto

Foi detido O chefe do Departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias do Gabinete Provincial da Saúde na Huíla, José Hélio Tchiangala, no último sábado, no Lubango, por alegado envolvimento num esquema de venda de testes rápido de Covid-19 por 10 mil Kz.

DR

Opais

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A informação  foi divulgada pelo porta-voz do Comando Provincial da Polícia Nacional na Huíla, Luís Filipe Zilungo, que acrescentou que José Tchiangala foi detido no interior do Aeroporto Internacional da Mukhanka, quando se encontrava a comercializar os testes rápidos aos passageiros no valor de 10 mil kwanzas cada.

O responsável informou que a par dos testes que estão a ser vendidos, o chefe de Departamento da Saúde Pública e Controlo de Endemias estava, igualmente, a comercializar resultados já autenticados. Com o acusado, foram igualmente detidos outros dois cidadãos, com idades compreendidas entre os 29 e 35 anos, cujos dados pessoais não foram revelados, mas, de acordo com a Polícia, também são funcionários do Gabinete Provincial da Saúde, escreve jornal O País.

Durante a detenção dos três cidadãos, a Polícia Nacional confiscou, também na posse dos acusados, um valor monetário de 120 mil Kwanzas, 14 testes rápidos e nove comprovativos autenticados, naturalmente falsos.

PUB