BOI de 250 mil Condiciona enterro do Comandante Municipal do Kilamba Kiaxi, “Rubem” falecido Domingo

A Família do Comandante Municipal do Kilamba Kiaxi, Estanislau Rubem, falecido domingo último 06, exigiu que a Polícia Nacional compra-se um Gado Bovino "BOI", antes do enterro do seu entequerido previsto para Quarta-feira 09, como mandam os rituais tradicionais do Cunene, sua terra Natal. Entretanto o CPL teve de comprar 1 Boi que foi hoje entregue e o funeral fica adiado para Quinta-feira 10, dia previsto para Manifestação os Jovens Revolucionários

DR

Repórter Angola.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Foi adiado o enterro do Comandante Municipal do Kilamba Kiaxi, Estanislau Rubem, previsto para quarta feira, para Quinta-feira , porque segundo uma fonte deste Jornal, a Família exigiu a compra de um animal Gado Bovino “Boi ou uma Vaca”.

” Já não haverá funeral amanhã, ficou para quinta-feira, hoje a polícia nacional teve de ir comprar o Bovino (Boi)de mais de 250 mil KZ no mercado do 30 em Viana, que a família terá exigido” adiantou a fonte do Repórter Angola.

O Comandante Municipal do Kilamba Kiaxi, de 61 anos, morreu no Domingo vítima de doença, tradicional nos pés, nos arredores do Zango3, depois de quase dois meses de doença, deixa 13 filhos .

Familiares, políticos e religiosos estão em estado de choque pela morte do comandante municipal do Kilamba Kiaxi o superintendente chefe  “Rubém ”, ocorrida no último fim de semana.

Tido como uma figura dedicado e dinâmico no seu trabalho, Comandante Rubém como era carinhosamente chamado, chegou a implementar um novo modelo de patrulhamento nas zonas do Golf, Avô Kumbi e Bairro popular, que tinham permitido minimizar a delinquência naquele município.

já passou nos municípios de Luanda,  maianga e Kilamba Kiaxi, morre aos 61 anos, funeral será realizado na proxima quarta-feira.

O Comandante Geral Paulo de Almeida, endereçou condolências a família e ao Comando Provincial de Luanda CPL, num comunicado que manifesta consternação e perca irreparável

PUB