BNA assegura estabilidade dos preços em ano eleitoral

Para o ano eleitoral que se avizinha, José de Lima Massano disse que se vai continuar a colocar à disposição os meios e instrumentos disponíveis para se manter a estabilidade de preços na economia.

DR

Angola 24

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Para o ano eleitoral que se avizinha, José de Lima Massano disse que se vai continuar a colocar à disposição os meios e instrumentos disponíveis para se manter a estabilidade de preços na economia.

 

O governador do Banco Nacional de Angola (BNA), José de Lima Massano, prometeu, recentemente, trabalhar no sentido de manter a estabilidade dos preços na economia em 2022, um ano eleitoral em que se receia vários cenários, no quadro do processo.

 

Para o ano eleitoral que se avizinha, José de Lima Massano disse que se vai continuar a colocar à disposição os meios e instrumentos disponíveis para se manter a estabilidade de preços na economia.

 

O gestor fez essas declarações numa conferência de imprensa, no final da última reunião, deste ano, do Comité de Política Monetária, que analisou o comportamento recente e as perspectivas dos principais indicadores económicos.

 

Para 2022, o BNA prevê uma taxa de inflação média de 18%, contra os 25% do presente ano.

 

Para o mercado, prevê-se taxas de inflação mensais mais reduzidas, apontando-se alguns factores influenciadores, como a suspensão temporária dos direitos aduaneiros, a redução do imposto sobre o valor acrescentado (IVA) de 14 para 7%, entre outras medidas.

 

Mas ainda assim, o governador lembra que os preços dos bens alimentares estabelecidos pelas grandes commodities do ramo alimentar continuam altos, facto que impacta nas economias dependentes das importações, como é o caso de Angola.