Benguela: Detidos assassinos de taxista que fugiram com o “quadradinho” em Luanda para comercialização

O Serviço de Investigação Criminal (SIC), apresentou na manhã desta quarta-feira, 05, os cidadãos conhecidos apenas por Maurício e Pazinho, de 29 e 30 anos de idade, que no dia 29 de Abril do corrente ano, roubaram, em Benguela, a viatura Toyota, modelo Hilux (Quadradinho), com a chapa de matrícula LD-18-65-HM ao cidadão José Jacinto Alexandre, solteiro, de 34 anos de idade, e posteriormente desferiram golpes de faca a vítima que acabou por morrer no local.

Archiv

NMC/ SIC

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

RECENTES

Benguela: Detidos assassinos de taxista que fugiram com o “quadradinho” em Luanda para comercialização  URGENTE: Acidente de viação na Matala deixa seis mortos  População de Cafunfo está a ser massacrada – Dom José Manuel Imbamba  Manuel Fernandes entra para o Conselho da República 

×

Benguela: Detidos assassinos de taxista que fugiram com o “quadradinho” em Luanda para comercialização

Benguela: Detidos assassinos de taxista que fugiram com o “quadradinho” em Luanda para comercialização

No dia 29 de Abril do ano em curso, por volta das 9horas, os assassinos confessos, fingiram que queriam alugar a viatura em causa, para transporte de um grupo de fiéis de uma determinada igreja, na qual os mesmos faziam parte.

Tudo começou no Mercado Novo de Benguela, onde os meliantes alegavam que a viagem seria do município do Bocoio até à cidade de Benguela. Tudo combinado, durante a viagem, no município do Lobito, os marginais, convenceram o motorista a deixar o cobrador, Domingos Pedro Júnior, porque, alegavam, que o mesmo ocuparia mais um espaço, que seria para um fiel.

O Crime

Seguindo viagem, e convencido que seria pago, chegados no bairro Lossinja, à entrada da província do Huambo, efectuaram uma segunda paragem, onde simuladamente pediram ao proprietário da viatura para descer.

Já fora da viatura, os bandidos atacaram o motorista, tendo desferido dois golpes de faca, provocando-lhe morte imediata. Acto   continuo, arrastaram o cadáver para um matagal. Não satisfeitos, retiraram o telefone da vítima, de marca Samsung, modelo Galaxy A2 Core, de cor cinzenta, e um dos bandidos  retirou o cartão SIM do malogrado e colocou o seu.

A viagem para Luanda.

A posterior, e na maior das calmas, os assassinos, com o Maurício ao volante, seguiram viajem até a cidade de Luanda, onde estacionaram a viatura no município de Viana, bairro da Estalagem com intuito de vender a mesma no valor de 4 milhões de kwanzas.

GPS denuncia malfeitores

Na sequência, e depois de uma denúncia de uma das sobrinhas da vítima que denunciava a localização da viatura através do sistema GPS, um grupo do Serviço de Investigação Criminal foi ao local, investigou o caso e deteve em flagrante os dois bandidos.

De acordo com fonte do SIC, os acusados residem no município do Bocoio, em Benguela, e vieram propositadamente à Luanda com objectivo único e exclusivo de comercializarem a viatura.

PUB