Bastionária Elisa Gaspar destituída da Ordem dos Médicos

O Conselho Regional Norte da Ordem dos Médicos de Angola (ORMED) deliberou neste sábado, em Assembleia-Geral Extraordinária, a destituição da bastonária do órgão, Elisa Gaspar

Daniel Frederico

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Conselho Regional Norte da Ordem dos Médicos de Angola (ORMED) deliberou neste sábado, em Assembleia-Geral Extraordinária, a destituição da bastonária do órgão, Elisa Gaspar.

Num comunicado final lido pela Médica Arlete Luiele, a também Presidente regional do Norte disse que ” Elisa Gaspar foi destituída do cargo de bastionária pela gestão danosa, perca de confiança e danos patrimoniais”, e anunciou para realização num prazo de 90 dias de eleições.
Na base da decisão estão, entre várias causas, um suposto desvio de 19 milhões de kwanzas, denúncia que a mesma considerou falsa, em declarações ao Novo Jornal, na edição de 11 de Setembro último.

Médica pediatra-neonatologista, Elisa Gaspar foi eleita bastonária da Ordem dos Médicos de Angola (ORMED) a 28 de Abril de 2020, tendo obtido 45,5 por cento dos votos.

A eleição teve como característica principal uma abstenção de 71 por cento dos eleitores, a nível nacional, com a participação de apenas 2.086 dos sete mil médicos inscritos na ORMED.

PUB