Angola: Tribunal do Lobito, Julga Manifestantes

A Polícia angolana em Benguela devete 7 Manifestantes do Movimento Revolucionário e um Jornalista da Radio Eclsea que começaram a serem julgados no Tribunal de Comarca do Lobito, informou ao RA, o Activista Prata Kumi da OMUNGA

Daniel Frederico

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

A Polícia angolana em Benguela devete 7 Manifestantes do Movimento Revolucionário e um Jornalista da Radio Eclsea que começaram a serem julgados no Tribunal de Comarca do Lobito, informou ao RA, o Activista Prata Kumi da OMUNGA.

Os 7 membros do auto-denominado Movimento Revolucionário, foram detidos na passada quarta-feira 02 de setembro. por tentativa de manifestação.

“ começou hoje por volta das 10h no Tribunal do Lobito o julgamento dos Activistas , que A polícia no Lobito munidos de meios bélicos altamente sofisticado, reprimiu na Quarta-feira 02 uma manifestação denominada ” Devolvam já a nossa Sobrevivência “, onde deteram os organizadores , António Feliciano Buengue Pongoti, Albino Elavoco Capingala, Avisto Tchongolola Mateus Mbota, Artur Mateus ,José Tomás Mário ,Carlos Maria Pongolola, Euduardo Ngumbe e Rodrino Ngumbe.” informou.

“Constituimos o Advogado Basilio Cambio que está a defender os jovens” frisou o activista

a referida marcha teria sido organizada na data em que cidade de Lobito celembrava mais um aniversário, mais para lembrar a destruição dos mercados do Tchapanguele e Compão, onde milhares de famílias no município do Lobito sofrem miséria extrema.

O RA sabe que os Activistas estão detidos na Direcção da PolíciaTécnica, sita no Zona Comercial/28.

Há rumores que, dos 7 detidos, alguns já iniciaram uma greve de fome.

PUB