João Lourenço teve actuação muito boa no combate à covid-19 em 2020”, indica pesquisa

A Marktest Angola realizou uma pesquisa para saber a opinião dos luandenses sobre a forma como algumas instituições actuaram ao longo de 2020, em relação ao covid-19.

DR

Manzambi Nsoki

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

 

O documento  destaca que 59% dos entrevistados referiu que o Presidente da República, João Lourenço, teve uma actuação boa ou muito boa na forma como actuou face à pandemia.

Quanto à actuação do Ministério da Saúde, também a maioria dos luandenses considerou que procedeu bem ou muito bem (58,7%).

Em relação às Forças de Segurança Pública, cerca de 52,1% referiu que procedeu bem ou muito bem.

Na opinião dos entrevistados (43%) considerou credíveis ou muito credíveis as informações divulgadas ao longo de 2020 sobre a pandemia. Os mais cépticos em relação à credibilidade das notícias sobre a pandemia, situam-se nos estratos mais altos (A/B) e estratos médios com valores percentuais que não chegam aos 40%.

Para os entrevistados, o seu canal de televisão preferido para se manter informado (notícias e outras informações sobre a actualidade) é a TV Zimbo com 52%, seguido da TPA1 com 23%. Num outro patamar de preferência surge a Euronews (7%), a Zap Viva e a Record (ambas com 4%).

A sondagem realizada pela Marktest Angola ouviu, através de contacto telefónico, 501 cidadãos residentes na província de Luanda com 15 ou mais anos, com quotas de sexo, idade e estrato sócio-económico, entre os dias 5 e 11 de Janeiro de 2021

Cada questionário esteve semi-estruturado com cinco questões, através de entrevista pessoal e directa. Os resultados do estudo foram ponderados e extrapolados para o universo em estudo.

PUB