Governador rejeita receber cumprimentos do líder da UNITA no Kuando Kubango

O governador provincial do Cuando Cubango, José Martins, alegou “não ser possível” receber o Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior que manifestou interesse de apresentar-lhe cumprimentos de cortesia, na viagem que efetua a cidade do Menongue, agendada para o dia 16 do corrente mês.

DR

CK

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Numa correspondência endereçada ao governador pelo secretario provincial da UNITA, no Kuando Kubango, Francisco Gaio Kakoma, que o Club-K teve acesso, o maior partido da oposição informou ao chefe do executivo local que Adalberto Costa Jr vai trabalhar na província, onde presidirá um acto de massas alusivo ao cinquentenário da criação da Liga da Mulher angolana (LIMA), que se assinala no dia 18 de Junho.

 

 

 

“Da sua agenda consta a saudação de cortesia a sua excelência governador pelas 14h00 do dia da chegada”, lê-se na carta da UNITA. Em resposta, o governador José Martins, justificou que “por razões de agenda não será possível”.

 

 

 

Pelo breve conteúdo da reposta, a UNITA interpretou rejeição ou um eventual receio do governante, conforme reações do deputado do “Galo Negro” , Adriano Sapinalã. “Uma coisa é certa, o Governador Provincial do Kuando Kubango precisa crescer politicamente”, porque segundo explica, este parlamentar “negar receber para uma saudação de cortesia o Presidente da UNITA que também é Deputado é Membro do Conselho da República, até chega a ser patético”.

PUB