Eugênio Laborinho em Maputo representa chefe de Estado na cimeira sobre ajuda a Moçambique

O ministro do Interior, Eugénio Laborinho, chegou esta terça-feira à capital moçambicana, Maputo, onde representa o Presidente da República, João Lourenço, na Cimeira Extraordinária dos Chefes de Estado e de Governo da Comunidade dos Estados da África Austral (SADC).

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Eugênio Laborinho chegou a Moçambique em representação do chefe de Estado João Lourenço, que discursa hoje nos estados unidos na sede da ONU.

Em declarações ao Repórter Angola, o Ministro angolano disse que “Moçambique como país irmão , precisa da nossa ajuda e neste quadro vamos prestar maior atenção a situação em cabo delegado, ajuda humanitária e apoio em questões do combate contra a Covid-19” garantiu

No aeroporto Internacional de Maputo, o titular da pasta do Interior recebeu cumprimentos de boas vindas do embaixador angolano naquele país, José João Manuel, e de funcionários da representação diplomática.

A Cimeira, que foi antecedida de reuniões preparatórias do Comité dos Altos Funcionários da SADC e do Conselho de Ministros da organização, vai abortar questões de carácter político, sócio-económico, de segurança e paz da região Austral.

O evento realiza-se sob o lema “40 anos construindo a paz e segurança e promovendo o desenvolvimento resiliência face aos desafios globais”.

A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral é a organização sub-regional de integração e cooperação económica dos países desta região, criada a 17 de Agosto de 1992.

Ela visa a promoção do crescimento e desenvolvimento económico, a diminuição da pobreza, o aumento da qualidade de vida da população, a paz e a segurança, o desenvolvimento sustentável, o reforço e consolidação das afinidades culturais, históricas e sociais da região, entre outros.

Fazem parte Angola, África do Sul, Botswana, Comores, República Democrática do Congo, Lesoto, Madagáscar, Malawi, Maurícias, Moçambique, Namíbia, Eswatini, Tanzânia, Zâmbia, Zimbabwe e Seychelles.

PUB