Eleições: PDP-ANA é o único partido que ainda não recebeu 80 milhões de Kz do Ministério das Finanças para financiar pré-campanha eleitoral

Dos 13 partidos políticos legalizados pelo Tribunal Constitucional (TC), apenas o Partido Democrático Popular de Aliança Nacional de Angola (PDP-ANA) ainda não recebeu os 80 milhões de KZ como financiamento extraordinário para o actual período eleitoral como a Lei permite e foi determinado pelo Presidente da República.

DR

NJ

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Ministério das Finanças já fez o pagamento de 80 milhões de Kz a 12 partidos mas o PDP-ANA não havia submetido as “coordenadas e peças para geração do pagamento autorizado”, o que inviabilizou não receber os valores, disse ao Novo Jornal fonte deste ministério.

 

Ao Novo Jornal, o presidente do PDP-ANA, Abreu Capitão, disse que logo que o Ministério das Finanças detectou essa irregularidade, entregaram a papelada bem organizada.

 

“Todas as formações políticas já receberam e a falha que o Ministério constatou não é muito grave. Mas, até aqui não resolveram ainda o problema”, lamentou o líder do PDP-ANA, sublinhando que a preparação das eleições a nível do partido está “muito atrasada” por causa deste atraso.

 

De acordo com o líder do PDP-ANA, a direcção da coligação CASA-CE, coligação que o partido integra, já reclamou junto do Ministério das Finanças.

 

Uma fonte do Ministério das Finanças disse que o problema já não tem a ver com a instituição, mas com o Banco de Poupança e Crédito onde está domiciliada a conta do partido.

 

Refira-se que Abreu Capitão foi eleito presidente do PDP-ANA durante o II congresso ordinário, realizado em Dezembro do ano passado, em substituição de Simão Makazu.

 

O PDP-ANA foi fundado a 17 de Março de 1991, pelo falecido Mfulupinga Nlandu Victor.

PUB