Eleições 2022: Presidente do MPLA na Huíla na caça ao voto

Lubango - O presidente do MPLA e candidato a presidente da República, João Lourenço, chegou no princípio da tarde desta terça-feira, 12 de Agosto, na capital da província da Huíla, onde sábado 13, orienta um acto político de massas, no âmbito da campanha eleitoral.

DR

B7

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O programa inclui, ainda esta tarde, visita a Feira Agro-pecuária da Huíla, evento que conta com a presença de 20 fazendas.

O acto político de sábado acontece num novo espaço, no Complexo Turístico da Senhora do Monte.

No quadro da campanha para as eleições de 24 de Agosto, o candidato a reeleição, que se faz acompanhar de altos dirigentes do seu partido, já passou pelas províncias do Cuanza Sul, Bengo, Bié, Cabinda, Cunene, Cuando Cubango, Lunda Norte, Lunda Sul, Malanje e Cuanza Norte.

Caso vença o pleito eleitoral, será o segundo mandato de João Lourenço como Chefe de Estado angolano.

No seu manifesto político, o MPLA promete dar continuidade às acções sociais, políticas e económicas, para o desenvolvimento do país e bem-estar da população angolana.

Dentre as acções consta a consolidação do Estado Democrático e Direito, prosseguir a Reforma do Estado e combater a corrupção e a impunidade, assim como promover o desenvolvimento equilibrado do território, a descentralização e desconcentração da administração pública, a municipalização e a implementação das autarquias locais.

Os angolanos elegem, no dia 24 do corrente mês, pela quinta vez, o Presidente da República, o Vice-Presidente e os 220 deputados à Assembleia Nacional, esperando-se a participação de 14 milhões 399 mil eleitores.

As quatro primeiras eleições aconteceram em 1992, 2008, 2012 e 2017.

Concorrem ao pleito os partidos MPLA, UNITA, PRS, FNLA, APN, PHA e P-NJANGO, esses dois últimos estreantes, e a coligação CASA-CE.

PUB