Eleições 2022: Assembleias de Votos prevê encerrar às 16 horas e os agentes eleitorais temem pela sua vida

As eleições em Angola terá lugar no dia 24 de Agosto, onde o povo soberano terá a missão de ir às urnas eleger o partido que vai governar o país. No entanto, as urnas prevêm encerrar às 16 horas e alguns agentes Eleitoral, temem sob pena de serem agredidos, por ser cedo e muitos eleitores poderão chegar tarde devido as suas ocupações.

DR

Repórter Angola/Benguela7

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Segundo uma fonte, dos agentes que estão em formação para trabalhar nas Assembleias de Votos, na província de Benguela, sem gravar entrevista, disse ao Repórter Angola que, foram informados durante a formatação de que as Assembleias de Votos vão encerrar as 16 horas.

No entanto, a Lei Orgânica das Eleições Gerais (LOEG), no seu artigo 105 diz que as nessas de votos só devem encerrar quando o último eleitor que se encontrar no interior da Assembleia de Voto, tenha exercído o seu direito de voto.

Entretanto, a nossa fonte teme pela vida, visto que as informações não está a fluir devidamente nos eleitores.

“Isso vai dar problema, porque as pessoas não estão a ser informadas sobre essa matéria de encerrar as 16 horas”, clamou, a fonte que diz temer por agressões que possam surgir, no momento de serem comunicados sobre o encerramento.

A fonte apela à Comissão Nacional Eleitoral (CNE), para tomar providências sobre essa matéria.

Recorda-se que 24 de do corrente mês os angolanos vão às urnas eleger o um novo governo.

MPLA, UNITA, PRS, CASA-CE, APN, PHA e P-NJANGO, são os principais concorrentes às eleições gerais. Desses, um deles será governo de Angola.

PUB