Colégio Nossa Senhora da Anunciação ignora dois testes positivos de Covid-19

O Colégio Nossa Senhora da Anunciação, situado na Centralidade do Sequele, está a ignorar o teste positivo de duas menores de 16 e 17 anos de idade (omitimos os nomes), consideradas assintomáticas com o teste de zaragatoa efectuado na Zona Económica (ZEE), dia 11 Maio do ano em curso.

Archiv DR

NMCrime

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

RECENTES

Falta de dinheiro cria indigência no seio das forças políticas da oposição  Suspensa funcionária da Conservatória do Registo de Automóveis por corrupção  Flagrante: Detido cidadão que assaltava uma viatura no Kilamba  Colégio Nossa Senhora da Anunciação ignora dois testes positivos de Covid-19 

Colégio Nossa Senhora da Anunciação ignora dois testes positivos de Covid-19

Colégio Nossa Senhora da Anunciação ignora dois testes positivos de Covid-19

O Colégio Nossa Senhora da Anunciação, situado na Centralidade do Sequele, está a ignorar o teste positivo de duas menores de 16 e 17 anos de idade (omitimos os nomes), consideradas assintomáticas com o teste de zaragatoa efectuado na Zona Económica (ZEE), dia 11 Maio do ano em curso.

Por: Matias Miguel

Mais de uma semana depois, as meninas continuam a frequentar as aulas como se nada tivesse acontecido, segundo denuncias de funcionários.

De acordo com os trabalhadores do colégio que contactaram o NA MIRA DO CRIME, no dia 26 de Abril, a instituição suspendeu às aulas por 18 dias, tendo remetido os mesmos a testes de Covid-19, no regresso. Dos testes, contam, realizados no Centro de Saúde do Sequele e na Zona Económica Especial (ZEE), com zaragatoa, dois deram positivos (assintomáticos).

O pai de uma das meninas, inconformado com a notícia, e porque foi feita via telefónica, encaminhou a filha para a clínica Girassol, onde foi feito um teste rápido, e o resultado foi negativo.

O progenitor regressou ao colégio, e obrigou que a direcção admitisse a menina às aulas imediatamente.

O Na Mira sabe que os testes positivos das alunas encontram-se na administração do Sequele, departamento de saúde, com datas de 11 de Maio do ano em curso.

Fonte da saúde fez saber que uma equipa está a programar uma incursão no colégio para as medidas que se impõem.

PUB