Generais desviam dinheiro dos Bolseiros das FAA do Serviço de Inteligência Militar  na Rússia

Generais e Altas patentes dos serviços de inteligência externa SIE, tem desviado os subsídios destinados aos bolseiros das Forças Armadas Angolanas na Rússia, os cadetes dos Serviços de Inteligência Militar SIM dizem que passam por necessidades, com atraso da verba. Dezembro de 2019 e Janeiro deste ano só nos pagaram agora em Setembro deste ano, imagina o mês de Maio irão pagar quando? lamentam

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O depoimento foi dado ao Repórter Angola por mais de 26 militares estudantes na Rússia, apartir de academias militares onde se encontram mais de 320 angolanos.

“já não entendemos nada sobre os nossos subsídios, as vezes atrasa 3 meses, e quando vem para nos pagar só pagam um mês, e este valor 500 dolar num país alheio não chega” denúncia o já oficial superior Minguito Minguedy, nome fictício.

“estamos em Outubro, só nos pagaram o Dezembro de 2019 e janeiro deste ano, agora, só para o Senhor Jornalista ter uma ideia” disse ao Repórter Angola, João João um outro finalista do curso de Engenharia.

O que nos inquieta aqui é a injustiça, dizem os militares “ aqui cada um recebem o subsidio diferente do outro, muitos de nós filhos de camponeses sem padrinho na cozinha recebemos 500 USD e há quem recebe 600USD e existem também aqueles que ganha 1200 USD” denunciou Makiesse Jorge outro militar.

Para Jorge, existem altas patentes encarregue deste processo de pagamento que desviam o dinheiro.

“não é normal que o Estado Angolano tenha enviado seus filhos a uma pátria alheia para se formarem e este não envie recursos financeiros para sustentabilidade dos mesmos, há alguém que desvia esse dinheiro por isso existe esta disparidade de subsidios, porque a patente que nós todos ostentamos é de ASPIRANTE e Subtenentes que em Angola o nosso salario é igual para todos nós de 187 mil Kwanzas” frisou, indignado.

Miguendy recordou o sofrimento dos primeiros anos de formação na Rússia “em 2014 quando chegamos, estava difícil para nós para se adaptamos a Língua, imagina neste período só para nos enviarem os cartões de créditos! Era uma luta, só recebemos em 2016” denuncia.

Repórter  Angola na Rússia tentou contactar a Embaixada, mas este remeteu o assunto ao Ministério da Defesa em Angola.

“estas informações dos nossos estudantes quem pode responder é o Ministério da Defesa em Luanda e não cabe a nós, até porque os subsídios vêm de Angola, não conseguimos dar uma explicação” adiantou uma fonte Consular.

Pedro Mingo Mingo nome fictício acusa o General Miala de nada fazer, “ quando nós fomos quem era o nosso Chefe era o General Zé Maria, agora com a entrada do Chefe Miala as coisas pioraram, até para vir de férias você próprio gasta o teu dinheiro 700.000 Kz em comprar bilhetes, agora imagine com subsidio de 500 dolares que sempre atrasa , como poupar para chegar os 700 mil?”, questiona, “sobrevivemos com uma outra subvenção de 10 mil Rubro (moeda Russa), equivalente a 40 mil Kwanzas que o governo russo paga-nos como formandos” garantiu.

Desde de 2014 que centenas de militares angolanos foram enviados a Academias russas de renome para uma formação superior em contra inteligência militar, este Portal sabe que mais 700 Militares das Forças Armadas Angolanas de todos ramos,

, desde o exercito até a força aéreia estiveram em MV Frunze Academia Militar fundada Em 1918, a Academia Militar Frunze ( russo : . Военная академия им М. В. Фрунзе ) em Moscou foi estabelecida como a Academia de Estado-Maior, que se tornou o RKKA Academia Militar em 1921.

Perto de 300 estudam na Academia Marechal Georgy Zhukov Academy Comando das Forças de Defesa Aérea

E mais de 120 em VI Lenin Político-Militar Academia, O Lenin Academia Militar-Político ( russo : Военно-политическая академия имени В. И. Ленина ) especializada no treinamento de oficiais políticos.

 

E muitos outros estudantes foram espalhados em academias como : Mikhailovskaya Militar Artilharia Academy / Artillery Military Academy “Grão-Duque Mikhail Pavlovich”, Aleksandr Mikhaylovich Vasilevsky ( Russo : Александр Михайлович Василевский ) (30 de setembro de 1895 – 5 de dezembro de 1977).

Marshal Leonid Govorov Defesa Aérea e Radio Academy Engenharia

O “Marechal da União Soviética Rádio LA Govorov Air Defense Engenharia Academy” ( russo : . Военная инженерная радиотехническая академия им Маршала Советского Союза Говорова Л.А. ) foi estabelecido pela primeira vez em Moscou em 1941 como uma subsidiária da “Academia Militar Frunze” e em seguida, mudou-se para Kharkiv (em russo: “Kharkov”) em 1946. Esta escola de pós-graduação treinados oficiais comissionados da Força de defesa aérea em radares, aeroespacial e de defesa de mísseis superfície-ar, comando e controle e instalações de comunicações.

Petersburg Militar de Engenharia-Technical­ University St.

Nos tempos soviéticos foi chamado de “Leningrad Nikolaevsky Militar de Engenharia Instituto Técnico das Forças Armadas da URSS” e Yekaterinburg Escola de Comando da Força de Artilharia

Localizado em Yekaterinburg, serve como centro de treinamento do comando oficial do russo do-chão Forças Artilharia e Forças de Mísseis. O seu mandato é para a formação reforçada e melhorada de oficiais de artilharia no comando e controle.

A Academia de Engenharia Zhukovsky Força Aérea nomeado após Nikolai Zhukovsky Yegorovich foi fundada em Moscou em 1920 para formar engenheiros para a Força Aérea Soviética , bem como professores e cientistas para colégios militares e instituições de pesquisa.

PUB