Assembleia Nacional diz que só tem apenas 10 vacinas para Imprensa pública , Privados ficam vetado ao Estado da Nação

A abertura da quinta sessão Legislativa da IV Legislatura da Assembleia Nacional, que terá lugar no dia 15 deste mês, será marcada por uma mensagem sobre o Estado da Nação, dirigida ao País, pelo Presidente da República, João Lourenço. Entretanto o acesso aos profissionais de comunicação social e de convidados está a ser condicionado por que a AN tem apenas 10 vacinas para TPA e TV Zimbo.

DR

Repórter Angola

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Numa nota de imprensa enviada as redações, a Assembleia Nacional Solicita, com a máxima urgência, as listas dos jornalistas e respectivos técnicos que estarão na Sala do Plenário para a cobertura da Reunião Plenária Solene de abertura da 5.ª Sessão Legislativa da IV Legislatura da Assembleia Nacional.

“Os órgãos com acesso directo ao Plenário têm sido, tradicionalmente, a TPA ( repórter e camaraman), TV ZIMBO ( Repórter e Camaraman) e Jornal de Angola (Fotógrafo).Portanto, pedimos que enviem os nomes dos profissionais indicados para efetuarem o teste da COVID-19” reforça a nota, vetando assim aos órgãos privados bem como a Rádio Nacional e Angop.

Segundo o Parlamento “A decisão resulta da exiguidade de testes que a Assembleia Nacional dispõe  apenas 10 testes disponíveis para todos ll órgãos”.

A nota confirma ainda que “Para os demais jornalistas, o processo de testagem à COVID-19 estará a cargo dos respectivos órgãos”, e Pede por isso, que os testes sejam exibidos no portão de acesso ao edifício, no dia 15 de Outubro.

Com esta nota, confirma-se a informação avançada pelo Repórter Angola de que vários convidados e Jornalistas de imprensa privada vão encontrar dificuldade de acesso a Assembleia Nacional, visto que o Ministério da Saúde não disponibilizou um posto de Vacinação contra Covid-19.

PUB