Assalto: Gabinete de juiz do Tribunal Supremo arrombado por desconhecidos

O gabinete do juiz conselheiro do Tribunal Supremo Agostinho Santos foi arrombado nesta terça-feira por desconhecidos. Presume-se que o arrombamento tenha ocorrido na calada da noite, desconhecendo-se no entanto se foram subtraídos documentos ou objectos pessoais.

Jonas Pensador

CmNews

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
De acordo com uma fonte daquele tribunal superior, esta manhã quando se fez presente ao serviço para mais uma jornada de trabalho, o magistrado judicial deu com sinais de arrombamento na porta do seu gabinete.

 

 

Recorde-se que o juiz António está a ser alvo de um processo disciplinar que lhe foi movido pelo Conselho Superior da Magistratura Judicial (CSMJ), o segundo do género, depois de denunciar uma série de falcatruas no concurso para o provimento do lugar de presidente da CNE.

Na altura, o magistrado do TS havia denunciado que o concurso estava ferido de ilegalidade por ter beneficiado o juiz Manuel Pereira da Silva, «Manico», o candidato supostamente apoiado pelo poder. Apesar de ter accionado uma providência cautelar para impedir a tomada de posse do juiz alegadamente beneficiado pelo sistema, o facto é que a Assembleia Nacional acabaria por dar posse a Manuel Pereira da Silva.

PUB