Coronavírus já matou mais de 100 mil pessoas no mundo

Um terço dos óbitos por covid-19 foi registrado na América Latina e no Caribe. EUA contabilizam mais de 190 mil mortes e são país mais atingido pela pandemia. Brasil é segundo com mais mortes e terceiro com mais casos.

com AFP e DW

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O mundo ultrapassou a marca de 970 mil mortes por covid-19 na noite desta quarta-feira (09/09), de acordo com números da universidade americana Johns Hopkins. Um terço dos óbitos foi registrado na América Latina e no Caribe. Em números absolutos, os Estados Unidos são o país com mais mortes (190.872), seguido de Brasil (128.539) e Índia (75.062).

Em apenas 18 dias, foram registrados mais de 100 mil óbitos – no dia 22 de agosto, o mundo havia chegado aos 800 mil óbitos. No total, o mundo registra 27, 8 milhões de casos confirmados de covid-19, a maior parte deles nos Estados Unidos (6.362.440).

A Índia, segundo país mais populoso do mundo, com 1,4 bilhão de habitantes, é o novo epicentro da doença, registrando vários recordes no número de casos diários nas últimas semanas. O país vê o novo coronavírus agora se espalhar pelas pequenas cidades e vilas.

De acordo com dados do Ministério da Saúde indiano divulgados nesta quinta-feira, em 24 horas foram registradas 95.735 novas infecções e 1.172 mortes no país, que ocupa a segunda posição no ranking dos com mais infecções, com 4.465.863 casos. Em seguida vem o Brasil, com 4.197.889 casos.

o Brasil registrou 35.816 casos confirmados de coronavírus e 1.075 mortes ligadas à doença em 24 horas.

PUB