Distribuição de combustível no Leste chega por comboio

A Unidade de Negócio de Distribuição e Comercialização (UNDC) efectuou, no último domingo, em Malanje, a entrega de 280 metros cúbicos de gasolina, na Instalação de Combustível, por vagões cisternas dos Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL).

Jonas

JA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Segundo uma nota da Sonangol Distribuidora, após 30 anos de paralisação, a entrega de combustível foi feita por sete vagões-cisternas, a partir da base na província de Malanje.
O objectivo, revela o comunicado, é garantir uma frequência semanal via CFL, gerando maior disponibilidade de combustível e reforçar as quantidades transportadas por camião, na Região Leste do país, com realce para Malanje e as Lundas-Norte e Sul.

À medida que forem criadas as condições de armazenamento, a distribuição na região poderá dinamizar o negócio. Para o efeito, estão a ser desenvolvidos esforços no sentido de se possibilitar o aumento da frequência,  com base nalguns investimentos feitos na zona de enchimento em Luanda.

“Trata-se de um esforço que se traduz em grande benefício a população  e não só, à medida em que encurta a distância em termos de aprovisionamento e aumenta a disponibilidade do produto à população, a partir de Malanje para as regiões fronteiriças”, sublinha a fonte.

Há alguns dias, a zona Leste do país tem vivido uma escassez de abastecimento de combustível, situação que gerou uma ac entuada pressão dos automobilistas e até mesmo empresas, face às dificuldades de abastecerem as viaturas e geradores.

PUB