Cidadãos estrangeiros acusados de pesca proibida na Samba

A proibição da captura de espécies de peixes em fase de crescimento continua a ser desrespeitada por pescadores nos mares de Luanda. Situação que, a semelhança da capital do país, tem estado a ocorrer também em outras províncias.

RA & Kz e CK

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print
Nos últimos dias, segundo denunciam, tem sido visível ao longo de toda costa marítima a captura do peixe em fase de crescimento, com principal destaque a espécie Manjua, criação de sardinha em fase de crescimento, proibida pelas autoridades angolanas.

Peixe proibido a ser vendido na Mabunda

De acordo com a nossa fonte, os cidadãos são-tomenses que estão a realizar a pesca proibida na Samba, já actuavam em Cacuaco, mas segundo a denúncia, foram expulsos, tendo então migrado para a Mabunda.

“Eles trazem mais de dez chatas de crias por dia! É muita perda pra os nossos mares”, lamenta o denunciante, clamando por ajuda.

Uma matéria, que o Reporter Angola irá dar segmento nos próximos dias, trazendo outros desenvolvimentos da pesca de peixes proibidos, que, supostamente, continua a ser realizada nas praias de Luanda, com a aparente conivência da fiscalização.

PUB