PR João Lourenço concede audiência ao piloto angolano campeão europeu

O Presidente da República, João Lourenço, recebeu em audiência, esta terça-feira, o piloto angolano Rui Andrade, com seu troféu de campeão europeu em Endurance Le Mans 2021 na categoria LMP2.

DF

Repórter Angola / CIPRA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Rui Andrade sagrou-se campeão do Europeu de Endurance Le Mans 2021 na categoria LMP2 em Outubro último, ao terminar a prova de quatro horas, disputada no Autódromo de Portimão, em Algarve, Portugal.

O piloto, que só precisava de terminar a prova para ganhar a competição, obteve o feito ao assegurar a segunda posição da corrida, tornando-se no primeiro angolano a arrecadar o troféu.

No encontro com o Chefe de Estado, segundo a nota do Palácio Presidencial que o Repórter Angola teve hoje é acesso, o campeão da velocidade ofereceu ao Chefe de Estado a camisola usada na competição em que se sagrou vencedor.

Rui Andrade, no final, confessou aos jornalistas que sentiu “um grande orgulho” quando ouviu o Hino Nacional e enquanto erguia o troféu no circuito de Portimão.

A 24 de Outubro, o chefe de Estado já havia felicitado o agora campeão.

João Lourenço, usou a sua conta oficial do Twitter, onde endereçou uma mensagem de congratulação ao recém campeão de nacionalidade angolana.

“Parabéns ao Rui Andrade, pela conquista do título de campeão da Europa de LMP2 PRO/AM 2021. Esta vitória de um jovem angolano na Europa nesta modalidade, constitui para nós motivo de orgulho nacional. VIVA ANGOLA”, lê-se no tweet.

No final da audiência, Rui Andrade disse ter sido um orgulho ser recebido pelo Chefe de Estado angolano e poder mostrar o que tem feito para representar o país na Europa.

Informou que ofereceu a João Lourenço uma réplica da camisola que usou quando se tornou campeão, bem como apresentou o troféu de campeão europeu.

“É um orgulho muito grande representar Angola a um nível tão alto”, afirmou o piloto, que usa a bandeira de Angola no fato de corrida e no capacete, acrescentando que recebeu felicitações do Presidente da República pelo título deste ano.

 

Segundo o automobilista, o Estadista angolano considerou “um orgulho” para os angolanos representar o país na Europa.

 

Relativamente ao seu futuro, disse que os testes de inverno de preparação para o próximo ano já começaram, frisando ser seu objectivo competir no campeonato do mundo com o foco na vitória.

Rui, de 22 anos de idade, o piloto representa a equipa G-Drive Racing, com a viatura Aurus, e é o primeiro piloto angolano a participar de um mundial de automobilismo.

 

O angolano, residente em Portugal, iniciou a carreira em Espanha, disputando a fórmula quatro (F4) em 2018 ao serviço da Drivex Racing espanhol.

PUB