A temporada 2020/2021 na Premier League já teve o desfecho quanto ao Campeão Nacional. Este ano, o Manchester City arrecadou o título, sucedendo ao Liverpool.

Este é o sétimo título conquistado pelos ‘Citizens’, o terceiro em quatro temporadas.

A três jornadas do fim do campeonato, o City conta com 80 pontos, mais 10 do que o rival da cidade de Manchester, o United.

Este triunfo foi possível visto que o Manchester United perdeu em casa, no Estádio Old Trafford, por 1-2 frente ao Leicester num jogo antecipado da 36ª jornada. No entanto, com um jogo em atraso, os ‘Red Devils’ contabilizam 35 jogos, o mesmo número de encontros do que os ‘Citizens’.

Faltam três jogos a cada equipa, o que significa 9 pontos a distribuir, num momento em que o Manchester City tem dez de vantagem.

City, a época de sonho?

A equipa comandada pelo treinador espanhol Pep Guardiola conquistou o título de Campeão, bem como a Taça da Liga, e ainda pode vencer a Liga dos Campeões europeus.

Pela primeira vez na história, o clube inglês apurou-se para a final na Liga milionária, derrotando o PSG nas meias-finais, por 4-1 no conjunto das duas mãos. A 29 de Maio, os ‘Citizens’ vão defrontar o Chelsea, outro clube britânico.

Se conquistar a Liga dos Campeões pela primeira vez na história, o Manchester City poderá realizar uma época de sonho para um clube que tem proprietários provenientes dos Emirados Árabes Unidos.

De notar que o Manchester City conta com 6 jogadores lusófonos: os brasileiros Gabriel Jesus, Fernandinho e Ederson, e os portugueses João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva. Os ‘Citizens’ contam ainda com os franco-guineenses Claudio Gomes e Benjamin Mendy.