Cristiano Ronaldo com teste positivo a Covid-19

“Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Seleção Nacional após teste positivo para covid-19, pelo que não defrontará a Suécia. O internacional português está bem, sem sintomas e em isolamento”, lê-se numa nota publicada no site oficial do organismo.

DR

com Lusa e FPF

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O capitão da seleção portuguesa Cristiano Ronaldo testou positivo à covid-19 e vai falhar o encontro de quarta-feira com a Suécia, da Liga das Nações, revelou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

A notícia avançada pela imprensa portuguesa já foi confirmada pela Federação Portuguesa de Futebol. Em Comunicado, a Federação Portuguesa e Futebol afirma que o jogador “está bem, sem sintomas e em isolamento” e que “foi “dispensado dos trabalhos com a seleção”.

De acordo com o comunicado, os restantes jogadores da selecção das quinas realizaram novos testes esta terça-feira de manhã, todos com resultado negativo.

“Cristiano Ronaldo foi dispensado dos trabalhos da Seleção Nacional após teste positivo para covid-19, pelo que não defrontará a Suécia. O internacional português está bem, sem sintomas e em isolamento”, lê-se numa nota publicada no site oficial do organismo.

Ronaldo é o terceiro jogador de Portugal a estar infetado com o novo coronavírus, depois de José Fonte e Anthony Lopes.

Em poucos dias, Cristiano Ronaldo é o terceiro jogador da equipa portuguesa a contrair a Covid-19, já depois do defesa central José Fonte e do guarda-redes Anthony Lopes terem igualmente testado positivo na semana passada.

Para Rodrigo Coimbra, jornalista desportivo no site zerozero.pt, esta situação não é surpreendente, uma vez que “sucedem-se já alguns casos não só na selecção portuguesa como também noutras equipas”. Ao referir-se ao impacto que este novo caso poderia ter para o ânimo da equipa quando se prepara para embates decisivos, nomeadamente o jogo desta quarta-feira perante a Suécia, Rodrigo Coimbra admite que “é sempre desolador perder um jogador para um jogo desta importância” mas considera por outro lado que “pode servir também como potenciador da união do grupo perante esta adversidade”.

PUB