Craques à espera de novos contratos

A janela de transferências da época 2020/21 no futebol europeu começou há alguns meses, mas vários jogadores de renome estão abertos a negociação, alguns por vontade própria, outros pelo facto de os clubes que representam já não pretenderem contar com os seus préstimos não conseguirem concretizar as suas transacções. Destes, ganha força a situação de Luis Suárez, Balotelli, Umtiti e Edin Dzeko.

DR

RA

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

Assim que chegou ao Barcelona, Ronald Koeman anunciou que não contava com Luis Suárez na equipa para a próxima época. Apesar de ser uma das estrelas da actualidade, o Barça não contava se livrar do avançado uruguaio, autor de 200 golos nos últimos seis anos, seria demorado.

O clube até chegou a receber uma aliciante proposta da Juventus, mas dependia que o atleta passasse num teste de italiano para receber o passaporte do país e assim não contar como jogador extracomunitário. Esta exigência dificulta até agora o negócio. Ainda assim, existe a possibilidade de o Barça abdicar Suárez de cumprir o último ano do seu contrato. Mas, de acordo com diferentes meios de comunicação espanhóis, o jogador só aceitaria essa ideia caso recebesse integralmente o valor dos seus salários até Junho de 2021.
Ainda no Barcelona, Umtiti, campeão mundial pela França em 2018, era considerado um dos melhores centrais da actualidade. Contudo, vários problemas físicos rapidamente o tiraram deste patamar. Com menos de 35 partidas jogadas no computo das últimas duas épocas, o defesa também entrou na lista de dispensáveis de Koeman.

A ideia do Barcelona, inclusive, era aproveitar o dinheiro de Umtiti para investir na reconstrução do clube, mas as poucas propostas que chegaram à Camp Nou não interessaram à direcção. Agora, a melhor opção é tentar encaixar o central como parte do pagamento ao Lyon pela contratação do avançado Memphis Depay, um dos objectivos dos catalães. Contudo, para que isso venha a acontecer, Umtiti teria de aceitar uma redução salarial.

Balotelli
A passagem de Balotelli pelo Brescia foi trágica. O polémico avançado só disputou 19 partidas, entrou em confronto com a direcção e viu a equipa a descer para a segunda divisão do campeonato italiano. Em Junho, chegou a circular na imprensa que o avançado tinha tido o seu contrato rescindido devido a questões comportamentais. Mas, oficialmente, Mario continua ligado ao Brescia, que não o pretende aproveitar na Serie B. As propostas pelo jogador também andam poucas, senso que apenas houve uma sondagem do Cluj, da Roménia, um rumor do Genoa e nada mais.

Dzeko
Autor de 19 golos na última passada, o veterano avançado ainda não sabe se vai permanecer na Roma na próxima época.
E, de certa forma, a culpa por essa incerteza é da indefinição que graça o futuro de Suárez. Isso porque Dzeko é o “plano B” da Juventus para assumir a camisola 9.
Na prática, significa que enquanto a “Velha Senhora” não contratar ou desistir de vez de ter o uruguaio do Barcelona na equipa, o bósnio vai ficar à espera de uma proposta do campeão italiano, mas sem saber se ela realmente vai chegar.

PUB