Angola enfrenta RDC esta terça-feira, Ary Papel almeja golos enquanto Tshissekedi espera victoria dos Congoleses

O Presidente da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi, mostrou-se convicto esta segunda-feira, em Luanda, num resultado a favor da selecção do seu país (os Leopardos), no jogo contra Angola, de apuramento ao CAN 2022. Enquanto Ary Papel disse estar pronto para golos, o que tinha faltado na partida em kinshassa.

DR

Repórter Angola. AN

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

O Presidente da República Democrática do Congo, Félix Tshisekedi, mostrou-se convicto esta segunda-feira, em Luanda, num resultado a favor da selecção do seu país (os Leopardos), no jogo contra Angola, de apuramento ao CAN 2022.

As selecções de Angola e da RDC jogam nesta terça-feira, em Luanda, no Estádio 11 de Novembro, em jogo da quarta jornada de apuramento ao Campeonato Africano das Nações em Futebol, a decorrer em 2022, nos Camarões.

Félix Tshisekedi fez o prognóstico perante a imprensa, no final do encontro que manteve com o Chefe de Estado angolano, João Lourenço, durante o qual solicitou apoio para fazer face à actual situação de instabilidade reinante no seu país.

Em conversa, na ocasião, o Presidente João Lourenço havia vaticinado uma vitória a favor de Angola, sem apontar resultados, ao que Félix Tshisekedi afirmou: “Desta vez, lamentavelmente e contrariando o meu irmão, vou dizer que aqui vamos bater Angola por 1-
0”.

O médio Ary Papel afirmou, no domingo, que Angola terá de fazer golos no confronto de terça-feira, às 17 horas, no Estádio 11 de Novembro, em Luanda, com a República Democrática do Congo (RDC), o único elemento que faltou no desafio anterior, em Kinshasa.

O atleta, que em Outubro rubricou um contrato com OIsmaily do Egipto, por três épocas, disse que a postura da Selecção Nacional, consubstanciada em boa sincronização entre a defesa, meio campo e ataque, deve manter-se ou melhorada, desde que garanta o triunfo.

 

Para o ex – 1.º de Agosto, no jogo anterior, para a terceira jornada do grupo – D, das eliminatórias para o Campeonato Africano das Nações, em 2022, nos Camarões, ficou demonstrado que Angola tem potencial para vencer a favorita RDC, ainda mais a jogar em
seu território.

Sobre a falta de público no Estádio, devido à Covid -19, neste jogo da quarta jornada (primeira da segunda volta), referiu tratar-se de uma situação anormal, mas que deve ser compreendida em defesa da saúde.

PUB