Assembleia Nacional sul-africana destruída em incêndio

O violento incêndio que deflagrou este domingo da Assembleia Nacional sul-africano, na Cidade do Cabo, destruiu totalmente o edifício.

AFP

RFI

RFI

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on print

“A Câmara dos Deputados foi totalmente destruída pelas chamas”, afirmou Moloto Mothapo, explicando que “o fogo ainda não está controlado”.

 

Nenhuma vítima foi reportada, mas o edifício histórico que abriga uma valiosa colecção de livros e a cópia original do primeiro hino nacional em afrikaans, “Die Stem Suid-Afrika” (A Voz da África do Sul), cantado durante o Apartheid, já foi danificado.

 

“O telhado do antigo prédio que abrigava a Assembleia Nacional desabou, nada restou dele”, declarou o responsável dos serviços de segurança e emergência da cidade, Jean-Pierre Smith.

 

O incêndio começou por volta das 5h00 na ala mais antiga do edifício, concluída em 1884, com salas de madeira.

 

A origem do incêndio ainda não é conhecida, “uma pessoa foi presa e está a ser interrogada”, confirmou o presidente Cyril Ramaphosa, aquando da visita ao local.

 

O imponente edifício vitoriano com a fachada de tijolo vermelho e branco continua envolvido por uma nuvem de fumo.

 

As ruas do bairro foram evacuadas com um cordão de segurança que se estende até às flores no adro da vizinha Catedral de São Jorge, onde decorreu ontem o funeral de Desmond Tutu, o último herói da luta contra o apartheid, falecido no dia 26 de Dezembro.

PUB